Maroon 5 foi a atração do Super Bowl 2019, realizado na noite de ontem (03) em Atlanta, nos Estados Unidos. O grupo cantou seus maiores hits em uma apresentação cheia de fogos e celebrando o amor. Entre elas, ‘This Love’ que está presente no disco de estreia.

O show contou com a presença de Bob Esponja. A sua aparição, foi em homenagem ao seu criador, Stephen Hillenburg, que faleceu no ano passado. Travis Scott foi um dos convidados especiais da banda. Durante sua apresentação, o rapper cantou parte de sua música “Sicko Mode”.

O ponto alto da noite, foi durante a performance de “Girls Like You”. A música foi um dos sucessos de 2018 e conta com a participação de Cardi B, que não participou da apresentação. No Twitter, Adam Levine (vocalista da banda) se tornou um dos assuntos mais falados por tirar a camisa durante o show. Confira abaixo.

Entretanto, há uma grande polêmica sobre o show, que é um dos maiores eventos na televisão americana, atraindo milhões de telespectadores. A cantora Rihanna estava sendo cotada para se apresentar, porém rejeitou a oferta em apoio ao ex-jogador da NFL, Colin Kaepernick, que com seu protesto contra a injustiça racial denuncia um boicote dos times da liga. A rapper Cardi B também rejeitou a performar no show com Maroon 5, pelo mesmo motivo.

Além disso, a imprensa tem criticado duramente o show. O vídeo da apresentação contém mais de 133 mil dislikes contra 17 mil likes. O site USA Today disse: “As tatuagens do Adam Levine apareceram mais que os membros da banda“. O site Huffpost questionou em relação a Adam mostrar o seu mamilo e não ser criticado, porém, Janet Jackson que teve sua carreira boicotada após um incidente que mostrou o seu seio durante a apresentação no mesmo evento.

Notícias relacionadas