Categoria: Séries

Jennifer Aniston revelou em entrevista com Reese Witherspoon e Helena Bonham Carter, que lutou para escapar de ‘Rachel de Friends’ e chegou a duvidar de suas habilidades de atuação. “Você apenas se esgota. Quero dizer, eu não conseguia tirar Rachel Green das minhas costas pela vida toda”.
Na entrevista, elas foram questionadas se alguma vez tiveram dificuldade em ser elas mesmas e não seguir o que a imprensa e a indústria queria que elas fossem, e neste momento, Jennifer rapidamente se manifestou, “Oh meu Deus, sim”,  e continuou: “‘Em ‘The Good Girl, foi a primeira vez que consegui realmente largar o que quer que fosse o personagem Rachel, e fui capaz de ser alguém (personagem) que não tinha sido antes, isso foi um alívio para mim.” 

Good Girls Gone Bad: Jennifer Aniston, ‘The Good Girl’

 

A atriz também desabafou sobre o período em que duvidou de si mesma, quando não achava que poderia atuar em outros trabalhos. “Me lembro do pânico que tomou conta de mim, pensando: ‘Oh, Deus, não sei se posso fazer isso. Talvez estejam certos. Talvez, todo mundo esteja vendo algo que eu não estou vendo, que é você. apenas aquela garota no apartamento de Nova York com paredes roxas.
E acrescentou, “Eu estava quase fazendo isso sozinho, só para ver se eu poderia fazer algo diferente do que já tinha feito. E foi aterrorizante porque você está fazendo isso na frente do mundo (…) Quando você interpreta comédia, eles não pensam que você pode fazer o drama; e se você é visto apenas como ator dramático, eles não pensam que você pode fazer comédia.” 
Atualmente, Aniston está trabalhando em uma reunião especial, de Friends, que será filmada em agosto , após atrasos,  por conta da pandemia global do coronavírus.
Por Ana Maria Dias

‘Love, Victor’ é uma série derivada do famoso filme ‘Com Amor, Simon’, com temática LGBTQ+, que acaba de estrear na streaming da Hulu, hoje (19). Todo o enredo se passa no mesmo universo do longa, estrelado por Nick Robinson como Simon Spier.

Na trama, Victor é o protagonista, com 17 anos, o adolescente é o novo aluno da Creekwood High School, a série retrata a jornada de autodescoberta do jovem, enfrentando desafios em casa, se adaptando a uma nova cidade e descobrindo sua sexualidade. Mas quando tudo parece demais, ele se aproxima de Simon para ajudá-lo a navegar pelos altos e baixos da escola.

Em maio deste ano, a Hulu divulgou o primeiro trailer da série, onde podemos ver pela primeira vez, o que estava por vir da produção, no vídeo, vemos Victor se candidatando para vaga de barista em um café, porém, sua atração pelo gerente assistente dificulta o processo de inscrição, e transforma toda a situação em uma fantasia, terminando em uma confusão; Assista:

Para que assistiu o filme em 2018, pode comemorar, pois Nick Robinson, que interpretou Simon, será o narrador da série.

A série é uma produção dos estúdios Disney e estava programada originalmente para estrear na streming do Disney+, mas após reconsiderarem o programa por motivos conservadores, optaram por realocar a série para o Hulu.

 

Por Ana Maria Dias

Você já parou para refletir sobre as comemorações que cercam o calendário? Apesar das inúmeras celebrações, até hoje não há uma data definida para comemorar os seriados, produções que entram cada vez mais nas listas ao redor do mundo inteiro.

Pensando nisso, a Universal TV, empresa que faz parte da NBCUniversal Networks International – joint-venture entre o Grupo Globo e a NBCUniversal -, decidiu propor o lançamento oficial do “Dia da Série”. A ideia é que a data, que ainda não fazia parte do cronograma da cultura brasileira, seja celebrada no próximo sábado, 20 de junho, dia do solstício de inverno no hemisfério Sul – isto é, a noite mais longa do ano, perfeita para maratonar muitas séries. Genial, não é?!

“A intenção é fazer com que a ação aconteça anualmente, a fim de celebrar grandes histórias, grandes fãs e grandes marcas, sempre nos dias dos solstícios de inverno, que pode variar de um ano para outro”, comenta Gabriel Williams, Gerente de Marketing & Produto, da NBCUniversal Brasil.

A campanha, liderada pelo canal, teve início  no Twitter, logo após o Dia dos Namorados, e foi abraçada por muita gente.

Com um grande time de marcas e influenciadores, além do público em geral, empenhados da realização do projeto, enquetes e desafios estão sendo lançados nas redes sociais, incluindo um challenge especial no Tik Tok e um filtro personalizado (“Que série me representa”) para o Instagram.

No próprio dia 20, uma programação especial vai tomar conta da grade do canal, com exibição de episódios das séries Chicago P.D., Chicago Fire, Chicago Med, Law & Order: SVU, FBI, FBI: Most Wanted, House M.D., MacGyver, Magnum P.I. e The Rookie. A transmissão começa às 10h30 e encerra às 23h no horário de Brasília.

“Neste dia tão especial para nós, convidamos os apaixonados por séries para darmos as mãos e trabalharmos juntos. Todo mundo tem uma série preferida, especial, inesquecível. Queremos celebrar este fenômeno de conteúdo de entretenimento e de audiência cada vez mais crescente”, afirma Gabriel.

E aí, gostou da ideia? Agora que a proposta foi lançada, vamos entrar nessa? Conta pra gente quais séries você vai maratonar!

Ester Expósito, nossa eterna Carla de Elite, acaba de anunciar  em entrevista à revista mexicana Glamour, quais são os planos para o futuro de sua carreira.

Desde 2018, Ester tem dado vida a Carla na série da Netflix, Elite. Porém, após três temporadas, ela encara novos desafios e estrela em uma nova série espanhola Alguém Tem Que Morrer,  também produção do streaming. Com a novidade, a atriz revelou como foi o processo de gravação e o que podemos esperar do novo projeto.

Com um pouco de suspense e drama, ela revela que a série foi filmada de um jeito inovador: “Foi filmada de uma maneira que eu nunca vi antes. Quando as pessoas assistirem, isso as impactará muito. É uma série que permanecerá de uma maneira única no que foi feito na televisão, com um selo que a distinguirá.

O projeto tem direção de Manolo Caro, mas ainda não tem uma data exata para estrear.

Além disso, a atriz fala sobre seus planos para o futuro:”Não tenho algo planejado ou concreto. Mas quero projetos que me façam melhorar como atriz. Estou à procura de personagens desafiadores e que me forçam a sair da minha zona de conforto”.

View this post on Instagram

Más espectacular y poderosa que nunca… @ester_exposito nos revela, en exclusiva, la emoción de iniciar un nuevo capítulo tras #Élite, lo que aprendió de ‘Carla’ y qué es lo que la ha marcado como actriz. Lee todo sobre su vida post ‘Marquesita’ en nuestra entrevista en LINK EN BIO #EsterExposito #GlamourJulio ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Fotógrafo: @dannielrojas Styling: @victorblancostudio Make-up: @Alex_saint Hair: @jesusdepaula Ayudante fotografía: @soyantoniosaavedra Edición digital: @_davidlorenzo_ Producer: @chusac Production: @chuvicproductions Videographer Director: @juanma_coderch Digital Edition: @_davidlorenzo_ Photo Assistant 1: @soyantoniosaavedra

A post shared by Glamour México y Latinoamérica (@glamourmexico) on

Ester, atualmente, está namorando com o colega de elenco Alejandro Speitzer. Os dois se conheceram através de Danna Paola, a Lucrécia de Eliteque é amiga do ator há muitos anos.

View this post on Instagram

Y es que te echo de menos 🤍

A post shared by Alejandro Speitzer (@alejandrospeitzer) on

 

Elenco da série Alguém Tem Que Morrer, da Netflix (Foto: Reprodução)

 

 

Sempre gostamos de saber as novidades do catálogo, principalmente agora em período de quarentena que a Netflix virou um dos nossos melhores amigos. Pensando nisso, iremos atualizar você sobre alguns lançamentos.

Começando por esta quinta-feira, dia 18, que teremos o lançamento de uma animação chamada Olhos de Gato, onde a personagem se transforma em uma gata para conquistar o menino que ela gosta, mas, sem que ela perceba, fica cada vez mais difícil distinguir a versão humana do animal.

Já na sexta, teremos The Sinner, série de investigação criminal, onde um detetive busca respostas para crimes perturbadores. Outro lançamento dessa sexta-feira, é a tão esperada segunda temporada de Coisa Mais Linda, que conta a história de uma mulher que chega ao Rio de Janeiro nos anos 50 para encontrar o seu marido, e, em vez disso, descobre que foi abandonada, se reerguendo ao abrir um bar de bossa nova.

Ainda este mês, teremos a terceira e última temporada de Dark, no dia 27 de junho, mesma data do apocalipse/fim do ciclo temporal – uma série na qual, só de pensar, já dá um nó na cabeça. Também teremos filmes como Baby Driver, Adú, Feel the Beat, Mulher Maravilha, Bala Perdida e muitos outros.

Para julho, temos a temporada final de Jane The Virgin, Sniper Americano, lançamento de O Grito – Origens, uma clássica franquia de terror “Ju-on” que foi baseada em fatos reais (sinistro, né?). No próximo mês, iremos conhecer também O Crush Perfeito, um reality brasileiro de paquera.

Por Victória telhado