Categoria: Livros

O livro escrito como fábula, Fazenda dos Animais, continua sendo um livro atual e que traz uma lição muito importante sobre o autoritarismo. A obra utiliza os animais para construir uma história aparentemente inocente, mas, George Orwell mais uma vez consegue colocar pautas fortes que eram atuais em 1944, mas que reverberam até hoje, mostrando-se mais contemporâneas do que gostaríamos de imaginar.

A trama conta a história da Fazenda do Solar, onde um porco, Major, teve um sonho no qual viu todos os animais unidos. Cansados de serem explorados e injustiçados pelos humanos, Major inspira todos os animais, e, juntos, eles elaboram um plano para expulsar o sr. Jones e sua esposa da propriedade, dando início a uma nova vida na fazenda, na qual a igualdade e a justiça prevaleceriam.

Fazenda dos Animais, se tornou indipensável para qualquer um entender, de maneira fácil e direta, a história do século XX. A edição de colecionador chega totalmente repaginada pela Buzz Editora, que traz um projeto gráfico primoroso.

O livro “Ariel:  Travessia de um Príncipe Trans e Quilombola”, escrito pelo jornalista Jared Amarante, foi lançado em janeiro e retrata a história de um príncipe transexual, gordo e preto.

A história apresenta a travessia e transição de Ariel, que vai parar no Quilombocéu quando desabafa com seu papel após sofrer racismo e transfobia de seu próprio pai. No Quilombocéu, Ariel se sente aceito e é corado príncipe da paz.
A ideia é trazer a concepção do que imaginamos ser o céu, ou seja, uma terra de igualdade, resistência, força e segurança. E é neste lugar que Ariel se reafirma para o mundo como um garoto trans, preto e gordo. Vindo a ser corado com um pente garfo entregue por Deus.
“Esta é uma obra cujo propósito é trazer pertencimento e autoestima aos corpos pretos, trans e gordos e, também, educar a criança que mora no adulto. Esse livro é minha contribuição na luta antirracista. É também uma denúncia de um mundo transfóbico e gordofóbico”, diz Jared.
A narrativa apresenta diversas referências (inspiradas) na culinária quilombola; além de reflexões sobre a pressão estética, sobre o que é ser belo e formoso, e como podemos nos aceitar e nos amar mesmo quando os espaços sociais ainda não estão preparados para (e desprestigiam) os corpos gordos.
Além disso, o livro foi elogiado por celebridades e artistas importantes que possuem grande reconhecimento na mídia e amplo discurso social, como Jup do Bairro, cantora e compositora, vencedora do prêmio Multishow 2020; Tarso Brant, ator, que fez o personagem T Brant, na novela ‘A Força do Querer’, de Gloria Perez; Thales Alves, primeiro homem trans, preto e gordo a participar do Masterchef Profissionais; Viviany Beleboni; atriz, modelo e militante e; Lisa Gomes, jornalista e repórter.

O autor, Jared Amarante – Foto: Joshua/Divulgação.

O prefácio da obra foi feito pelo o psicólogo Wellington Oliveira e as ilustrações, por Nathan Borges. A obra está sendo vendida pela Giostri Editora e custa R$ 45.
O Grishaverso foi criado em 2013, e desde então, Leigh Bardugo conquistou milhares fãs da saga “Sombra e Ossos”, que agora, ganha uma adaptação feita pela Netflix,  com participação da autora no time de produtores. A megaprodução estreia em 23 de abril de 2021 e terá a participação de atores como Ben Barnes (Crônicas de Nárnia). Confira o teaser:

E agora, o primeiro livro da série, de mesmo nome, ganha agora uma nova edição de capa e formato pelo selo Minotauro. Os outros livros da saga serão publicados ainda esse ano.

O clássico do universo YA conta a história de um país dividido pela Dobra das Sombras – uma faixa de terra povoada por monstros sombrios – no qual a corte real está repleta de pessoas com poderes mágicos. Ali, Alina Starkov pode se considerar uma garota comum. Seus dias consistem em trabalhar como cartógrafa no Exército e em tentar esconder de seu melhor amigo, Maly, o que sente por ele.
Quando Maly é gravemente ferido por um dos monstros que vivem na Dobra, Alina, desesperada, descobre que é muito mais forte do que pensava: ela consegue invocar o poder da luz, a única coisa capaz de acabar com a Dobra das Sombras e reunificar Ravka de uma vez por todas.

Por conta disso, Alina é enviada ao Palácio para ser treinada como parte de um grupo de guerreiros com habilidades extraordinárias, os Grishas. Sob os cuidados do Darkling, o Grisha mais poderoso de todos, Alina terá que aprender a lidar com seus novos poderes, navegar pelas perigosas intrigas da corte e sobreviver a ameaças vindas de todos os lados.

Ficha técnica:

Título: Sombra e ossos

Autor: Leigh Bardugo

Tradução: Eric Novello

288 páginas

R﹩ 49,90

O livro “A Segunda Vida de Missy”, de Beth Morrey, chega às livrarias este mês pela editora Intrínseca. A história é sobre uma idosa solitária que descobre a importância de criar laços e se abrir para o mundo, mesmo quando se pensa que já é tarde demais para recomeçar. Com uma narrativa leve e divertida, o livro se tornou best-seller doSunday Times”, mas já era um sucesso antes mesmo de ser lançado, uma vez que seus direitos de publicação foram disputados por mais de dez editoras da Inglaterra.

Millicent Carmichael, também conhecida como Missy, costumava dedicar todo o seu tempo aos cuidados com a família e quase não prestava atenção em si mesma. Depois que os filhos seguem com as próprias vidas e ela já não pode mais contar com a presença do marido, no entanto, sua rotina sofre um grande impacto. A obra é um retrato sobre a vida adulta, o envelhecimento e a capacidade de recomeçar. 

O livro impresso com 304 páginas será comercializado por R$ 49,90. O e-book, por sua vez, custará R$ 34,90.

 

Em janeiro, a Faro Editorial lança o clássico “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. A obra foi publicada há 75 anos e mantém uma narrativa alegórica para os dias atuais.

Os animais de uma fazenda se revoltam contra o seu dono e decidem tomar o poder, e viver de acordo com suas regras, dividindo a comida, as tarefas e vivendo em harmonia com a terra. No entanto, após o início, isso muda completamente e passa a ser uma disputa de classes.

Os elevados ideais de liberdade, justiça e igualdade são traídos e um novo regime de opressão substitui a tirania anterior. “Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que os outros” passa a ser o único mandamento e condensa em poucas palavras como a disputa pelo poder pode se esconder até mesmo nas causas mais nobres.

“As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco”.

Ao todo, o livro tem 160 páginas e custa R$ 34,90.