Autor: Mateus Felipe

Na última quinta-feira (8), em novo vídeo do projeto #VitaoSessions, Vitão aparece cantando a música “Tive Razão”, de Seu Jorge. Com direção de Caue Tarnowski, o novo
cover foi disponibilizado no Instagram e tem um significado especial para o cantor, já que
Seu Jorge é uma das suas maiores referências musicais.

A admiração é tanta que Vitão cita Seu Jorge em seu último single solo, a música “Pensa”, veja o trecho: “Só quero cantar samba rock, fazer roda de samba com Seu Jorge, lazer”. Segundo Vitão,

Seu Jorge é uma referência como artista e como pessoa. Ainda queria muito fazer algo ao lado dele, espero que a gente tenha essa oportunidade no futuro.

O projeto, que nasceu com a intenção de trazer o artista cantando suas maiores referências, já está sendo postado desde fevereiro e contou com covers de grandes clássicos brasileiros, como “Não Deixe O Samba Morrer”, de Alcione, “Deixe a Vida me Levar”, de Zeca Pagodinho e “O Telefone Tocou Novamente”, de Jorge Ben Jor. Em sua nova fase, Vitão está trazendo outros artistas para colaborarem nos covers, como Stra. Paola, que cantou “Olhos Coloridos” de Sandra de Sá, Rappin Hood em “Suburbano” e Luccas Carlos com “Automaticamente”.

Conheça Emilia Pedersen, de 19 anos, uma cantora pop dinamarquesa-brasileira, que mora em Nova Iorque e se define como uma enorme “admiradora e apaixonada pelo Brasil” promete vir com tudo.

Nesta sexta-feira (9), chega em todas as plataformas de streaming uma nova versão de “Turn It Up“, faixa que foi o primeiro lançamento da artista e agora traz um novo clipe em seu proprio canal no YouTube. Em 2021, a canção recebeu uma roupagem mais ‘dance’ e ‘underground’, conectada com as pistas de dança e sua letra carrega agora mais uma mensagem de esperança e força para que tenhamos todos a certeza de que essa pandemia irá passar. Com esta nova proposta a cantora dá início ao seu trabalho privilegiando o público brasileiro. Com três músicas lançadas nas plataformas digitais, duas delas foram produzidas pelo famoso DJ e produtor musical Bruno Martini, a cantora se aproxima cada vez mais das suas origens brasileiras.

Este lançamento é um projeto diferente a tudo que Emília já fez, assim que a dinamarquesa ouviu o remix, teve a ideia de trabalhar uma estética mais forte inspirada em Nova Iorque, com cores mais escuras e muita fumaça para o clipe.

Foi uma experiência incrível e muito desafiadora. Para cada clipe eu gosto de criar o seu próprio mundo, neste remix eu quis brincar bastante com movimentos de câmera e profundidade. Com certeza me tirou da minha zona de conforto mas, assim que eu ouvi a nova versão da música, eu soube o que queria trazer para o clipe. diz Emília sobre o processo criativo.

As gravações ocorreram seguindo todos os protocolos de segurança contra a COVID-19. Com uma equipe reduzida, e Emília comandando a direção, a cantora se preocupou com a segurança de todos os que participaram no projeto.

Foi muito divertido, gravamos até o amanhecer. Foi muito intenso mas a equipe foi incrível. Por conta da Covid-19, todos estávamos com máscaras, respeitando o distanciamento e usando bastante álcool em gel. Procuramos um set que permitisse a entrada de ar constante no ambiente e encontramos com um antigo bar abandonado que foi perfeito para a estética que estávamos procurando.

A cantora define seu estilo musical como um “pop descompromissado” cheio de referências de artistas como Ariana Grande, Billie Eilish, Selena Gomez e Taylor Swift. Emília afirma que seu estilo foi composto pela mistura entre Brasil, Dinamarca e Nova Iorque, cidade onde morou desde os 7 anos de idade. Cultivando sempre suas relações com o Brasil, Emília tem como referência artistas como Ivete Sangalo e Anitta. Ela acompanhou Alexandre Pires em uma de suas turnês e abriu shows nos Estados Unidos para artistas como Marcos e Belutti, Fernando e Sorocaba, Daniel e Daniela Mercury.

 

Nesta terça-feira (30), dia do seu aniversário, o rapper L7NNON lança o aguardado clipe de “Da Boca“, uma trama de amor marginal inspirada em uma história real. Somente a prévia da música no perfil do Instagram do artista já passou de 6,5 milhões de reproduções e caiu nas graças dos fãs.

Com uma produção cinematográfica, o clipe assinado por Cherry Rocha, mesmo diretor de “Perdição“, clipe com mais de 100 milhões de visualizações, marca a estreia do L7NNON como ator. Gravado no Vidigal, o curta conta com a atriz Dandara Mariana para interpretar a paixão criminosa de L7 e Jonathan Azevedo, por sua vez, participa como um dos amigos do cantor. Já a produção da faixa fica com Papatinho, parceiro de longa data do rapper carioca.

Foto (credito: reprodução/ Rodrigo Ferreira)

 

Ninguém segura mais essa mulher! A cantora Flay anunciou, nesta sexta-feira (26), que é o mais novo nome do time da Mynd, empresa que cuida de grandes artistas como Luisa Sonza, Thelminha, Cleo e Pabllo Vittar. Aos cuidados da sócia e fundadora, Fátima Pissara, a nordestina pretende alçar vôos mais altos na publicidade e converter sua visibilidade em oportunidades como cantora.

Hoje, o que eu quero é que as pessoas conheçam cada vez mais o meu trabalho, quem eu sou como artista. A Mynd é a melhor no que faz e poder caminhar com eles ao meu lado, saber que eles estão acreditando em mim, me deixa muito animada e grata. Tenho certeza que vai ser uma parceria de muito sucesso; comenta Flay

Em 2020, visando o território internacional, a cantora se juntou à agência Ari Prensa, responsáveis pela mexicana Dulce Maria e por projetos internacionais de artistas brasileiros, como Wanessa Camargo. Atualmente, eles assinam a assessoria de imprensa, comunicação e marketing da Flay. É time de peso que fala!

Chegando no meio do programa, Big Brother Brasil edição 2021, mostra que ainda é possível colher bons frutos para quem decide se expor diante de milhões de brasileiros diariamente, este é o caso de Juliette Freire.

A participante que é advogada e maquiadora, vem fazendo história no reality com a potência em aumentar seu engajamento nas redes sociais enquanto se mantém confinada. Relembrando brevemente da edição passada do BBB, este fato veio com Manu Gavassi e Rafa Kalimann, ambas do time camarote, finalistas e com seus respectivos fãs, conseguiram números significativos entre a estadia na casa mais vigiada do Brasil.

Juliette que não é famosa, gera no público o sentimento “agridoce”, muitos detestam e muitos a amam, qual é o segredo de entrar no jogo com 3 mil seguidores no Instagram e atualmente ultrapassar a marca de 15 milhões de seguidores orgânicos?!

Juliette Freire (Foto: Reprodução/Instagram)

Segundo um levantamento feito pela HypeAuditor, responsável por analisar dados no Instagram, a paraibana agora possui uma das contas com maior engajamento (o que inclui reações, compartilhamentos, comentários e cliques) no Brasil e no Mundo. Só no Brasil, ela ocupa atualmente a 30ª posição, ficando atrás de nomes como Bruna Marquezine Tatá Werneck. Contabilizando todo o globo, seu lugar fica em: 197º.

Segundo a Desbrava Data, empresa especializada em marketing, o engajamento de Juliette chegou a taxa de 7,6% – um número maior do que os de artistas de peso, como Beyoncé, Ivete Sangalo, Anitta, Manu Gavassi.

Juliette Freire (Foto: Reprodução/Instagram)

O que não podemos negar é que Juliette, tendo ou não seu favoritismo ao prêmio, nas mídias sociais ela já carrega uma legião de fãs e admiradores que jamais vimos até agora acontecer em tão pouco tempo.