9 de outubro de 2020
Entrevista
ENTREVISTA | Why Don’t We descreve o próximo álbum e fala sobre vinda ao Brasil

Em 2016, o mundo pop conheceu “Taking You”, o primeiro single em grupo de Daniel Seavey, Jack Avery, Corbyn Besson, Zachary Herron e Jonah Marais. Desde então, Why Don’t We não parou de ganhar fãs e fazer com que mais pessoas ficassem surpresas com o talento deles.

Os meninos possuem mais de 3 bilhões de reproduções globais, 670 milhões de visualizações no YouTube, 4,9 milhões de seguidores no Instagram, 5 singles com certificação de ouro, 2 singles Top 20 em rádios Pop e uma estreia entre os dez primeiros da lista Billboard 200 com o álbum de estreia “8 Letters”.

No início do ano, a banda informou que faria uma pausa para focar no próximo álbum e não estipulou uma data prevista para a volta. Como consequência do ”sumiço”, muitos começaram a se questionar se os meninos realmente voltariam.

No início de setembro, eles decidiram surpreender – mais uma vez – e anunciaram a volta! Mas, foi apenas em 29 de setembro que os limelights puderam sentir o gostinho de uma nova música. “Fallin” ficou em #1 lugar no Itunes dos Estados Unidos nas primeiras horas de lançamento.

Agora, Why Don’t We se prepara para uma nova era. Em uma conversa por zoom com o Conexão POP, Corbyn, Daniel e Jack falaram sobre os bastidores do videoclipe, definiram o próximo o álbum e falaram sobre a esperada vinda ao Brasil. Confira a entrevista completa:

CP: Qual foi a inspiração para a música “Fallin”? Como foi a produção da faixa?

Corbyn: Foi um processo louco com “Fallin”, pois ela meio que se escreveu. Nós estávamos no estúdio e Daniel falou ‘eu tenho essa melodia incrível e tenho toda a música na minha cabeça, nós precisamos fazê-la agora’. Então, largamos tudo que estávamos fazendo e começamos a escrever linha por linha.

As palavras começaram a sair e ele [Daniel] colocou a batida por trás das letras. A ideia para a bateria da música veio de uma canção do Kanye West e depois que conseguimos gravar a parte com bateria, nós pensamos que a letra já deveria estar junto. Ou seja, a demo foi gravada logo em seguida e quase não fizemos mudanças depois.

A demo foi basicamente a base para a música final e agora o mundo inteiro pode escutar uma faixa bem parecida com a demo, com apenas algumas adições. E [a música] teve um resultado incrível, acho que somos abençoados por ter escrito essa faixa.

CP: E sobre o videoclipe? Como foi a produção?

Daniel: Nós fizemos o videoclipe com o Isaac e foi bem legal, porque mal acabamos de escrever a música e vários diretores amaram. Eles queriam fazer um vídeo e muitas ideias começaram a surgir, pois eles realmente estavam inspirados.

O Isaac estava muito animado, ele é muito engraçado e ele trouxe a maioria das ideias. Na verdade, o Corbyn teve um período de gravação longo e gravou várias cenas com muitas cores bonitas, e ele [Isaac] mudou algumas cenas no resultado final, mas ele é incrível.

É estranho, pois tivemos que produzir o videoclipe durante a quarentena, então todos estavam com máscaras e precisávamos cumprir um distanciamento. Tínhamos algo como se fosse uma ‘fiscalização da quarentena’ e eles acompanharam toda a gravação. Foi diferente, nunca gravamos um videoclipe assim.

CP: Eu quero saber sobre os bastidores! Tem algo engraçado que aconteceu durante as gravações?

Corbyn: A gravação inteira foi engraçada. Quero dizer, eu gosto das cenas com água, as apresentações da banda. Teve alguns momentos em que eu estava pisando muito forte e começou a espirrar água no rosto do Jack e do Zach.

Também um momento em que pisei mais forte ainda e espirrou muita água no Daniel durante a parte dele na bateria. Foi divertido! Passamos o dia todo nos divertindo e foi épico.

CP: Vocês começaram a carreira com “Taking You”. Para vocês, qual é a maior diferença do Why Don’t We de 2016, em Taking You, para o Why Don’t We de 2020 em “Fallin”?

Corbyn: Meu Deus!

Daniel: Tem muita diferença! Eu acho que qualquer pessoa há quatro anos atrás pode concordar que é muito diferente agora. Nós crescemos muito, mas também acho que houve uma grande mudança em nosso ponto de vista de quatro anos para cá. Quando começamos, nós tínhamos muito a aprender sobre todo o mundo da música, mas nossos fãs nos deram uma confiança para aprendermos.

Então, um ‘alô’ para os fãs que acreditam em nós, porque estar fazendo o que amamos durante esses anos não seria possível. Se não fossem eles, não teríamos “Fallin” e não teríamos esse álbum. Não conseguiríamos nos tornar quem sonhávamos em nos tornar.

Nós somos muito fãs de “The Beatles” e isso era um dos segmentos que queríamos seguir. Queríamos fazer a nossa própria música, assim como eles fizeram, e agora estamos fazendo.

CP: O próximo álbum já está pronto, certo? Vocês podem descrevê-lo em apenas 3 palavras?

Daniel: Sim, ele está pronto e se eu fosse descrever em três palavras, elas seriam: energético.

Corbyn: Sim, energético. Fresh.

Daniel: Talvez honesto.

Jack: Isso, honesto!

Daniel: Nunca escrevemos nossas próprias letras e esse é o primeiro álbum que fala das nossas relações pessoais, nossos sentimentos. Tem várias letras que são histórias verdadeiras e que realmente aconteceram conosco.

Acho que os fãs vão morrer por escutarem esse lado. No passado, as músicas estavam relacionadas conosco, mas não eram sobre a gente e essas serão.

CP: Vocês têm a música “Come To Brazil”, mas nunca vieram ao Brasil. Quero saber, quando vocês finalmente vão vir para o Brasil?

Jack: Quando a Covid-19 acabar.

Corbyn: Quando pudermos ir com segurança.

CP: Talvez no ano que vem?

Corbyn: Espero que sim!

Daniel: Se a Covid-19 tiver acabado no ano que vem, estaremos no Brasil ano que vem.

CP: Para finalizar, vocês podem mandar uma mensagem para os seus fãs brasileiros?

Corbyn: Claro. Para os nossos fãs no Brasil, nós amamos vocês! Obrigado por serem tão incrivelmente entusiasmados mesmo com a gente não tendo a chance de visitá-los ainda. Nós estaremos aí assim que conseguirmos ir com segurança e estamos ansiosos para fazer shows. Nós esperamos que vocês estejam amando “Fallin” e esperando ansiosamente pelo próximo álbum.

Publicado por



Posts Relacionados