28 de julho de 2020
Entrevista
ENTREVISTA | Silversun Pickups fala sobre o lançamento de “Toy Soldiers” e projetos da banda

Relançado no dia 8 de julho no canal oficial do Silversun Pickups no YouTube, banda indie californiana,  o clássico “Toy Soldiers” ganhou uma nova versão e um clipe futurístico. A música, liberada originalmente nos anos 90 por Martika, ficou eternizada e até chegou a ser regravada pelo rapper Eminem na década seguinte.

A canção, agora remodelada, surgiu após a divulgação do quinto álbum da banda, “Window’s Weed”, quando Nikki Monninger, Brian Aubert, Christopher Guanlao e Joe Lester estavam inspirados por influências das décadas de 80 e 90, e decidiram reviver um dos clássicos que moldaram a construção do gosto musical de cada um deles ao longo do tempo

O vídeo foi produzido com toques futuristas e teve direção de Claire Marie Vogel e Aaron Hymes, que também produziu as animações. A música foi feita em janeiro deste ano, porém as gravações do clipe foram realizadas à distância, o que exigiu dos artistas e da equipe muito mais inspiração no processo criativo.

O Conexão POP, a convite da Warner Music, bateu um papo com o vocalista e guitarrista da banda, Brian Aubert, para saber um pouco mais da criação do single e dos projetos do grupo. Vem conferir!

 

CP: A ideia de relançar ‘Toy Soldiers’ surgiu durante um momento nostálgico entre vocês. Há a possibilidade de relançar outros singles? Você sabe, os fãs estão sempre esperando por mais!

Brian: Estamos sempre pensando em diferentes maneiras de lançar músicas. Mas nosso amor por álbuns é grande. Nunca abandonaremos realmente esse formato. A maneira como vários conteúdos interagem entre si e criam toda uma experiência é algo que ainda nos emociona. No entanto, estamos começando a sentir o desejo de viajar e tentar pensar em outras maneiras de experimentar músicas – e isso está começando a nos dar um arrepio. Então, talvez?

CP: Em decorrência da pandemia, o contato ídolo-fã passou a ser mais restrito com a falta de shows e muitos artistas tiveram de se reinventar. Vimos que vocês criaram um clube de filmes focado nos anos 80 e é incrível! De onde surgiu essa ideia?

Brian: Alguém da nossa gestão teve várias ideias divertidas. Nós nos apegamos a isso porque somos grandes cinéfilos. O problema é que existe uma quantidade enorme de filmes daquela época, então é difícil se aprofundar nesse mundo. Durante esse tempo louco, por mais divertido que seja experimentar algo novo, também é um bom momento para se reconectar com as coisas que você ama.

CP: O que esperar da banda em 2021? A turnê continuará?

Brian: Essa é uma ótima pergunta e eu gostaria de ter uma resposta concreta. Posso dizer que se estivermos autorizados a fazer uma turnê, iremos.

CP: Vocês criaram uma playlist no Spotify com canções favoritas dos anos 80. Mas se vocês tivessem um Top 5 com músicas atuais, quais seriam?

Brian: Não tenho escutado muitas músicas novas ultimamente, então posso ser a pessoa errada para responder. Meu amigo e eu começamos uma experiência de DJ chamada Underscore, na qual misturamos apenas faixas de trilhas sonoras. Por isso, eu estive profundamente envolvido nesse mundo.  Então, aqui estão as minhas 5 principais trilhas sonoras modernas:

– Suspiria (2018);

– You Were Never Really Here (2017);

– The Last of Us Part II (2020);

– Eighth Grade (2018);

– My Brilliant Friend (2018).

CP: Se vocês pudessem escolher uma banda para fazer uma colaboração (com algumas influências parecidas às suas), qual seria?

Brian: Eu nunca faria alguém que amo sofrer por ter que trabalhar com a gente. Mas, se eu tivesse que fazer, Jonny Greenwood seria fantástico. Suas orquestrações me fascinam. PJ Harvey é outra. Seria incrível aprender com ela. Ok, tudo bem, seria a Björk…

Agora ficamos por aqui e deixamos com vocês a missão de assistir ao clipe de “Toy Soldiers”! Esperamos que tenham gostado da nossa entrevista com Silversun Pickups!

Publicado por



Posts Relacionados