13 de agosto de 2020
Clipe
CONECTE-SE: Conheça a sensação do rap brasileiro Misael

O brasiliense Misael canta RAP desde os onze anos de idade. O cantor já fez parceria com Catra, Marine, Haitam e agora está prestes a lançar seu mais novo single, intitulado ”Amor de Balada”, que será lançado oficialmente no dia 09 de outubro, em parceria com o cantor Greg.

Misael também já é considerado um dos mais bem sucedidos do cenário de rap nacional e acumula cerca de 5 milhões de visualizações no YouTube. O rapper tem grandes planos e hits para o futuro. O Conexão POP bateu um papo com o rapper que abriu o coração e falou sobre suas inspirações, projetos e parceira! Confira a entrevista completa.

View this post on Instagram

Eu sou o recomeço e o fim🎶 Alguém aí também é ? Me fala aqui oque vocês acharam do novo vídeo clip “coração calejado“

A post shared by Misael (@misael) on

CP – Você começou muito novo a trabalhar com RAP, como acha que isso influenciou na sua carreira?

Misael: Com certeza nós vamos colhendo com as experiências e eu venho colhendo desde ter entrado no palco, a entrada no estúdio, isso tudo conta bastante. Eu acredito que isso é um preparo de Deus, desde o início, para este momento. Quando eu era mais jovem e entrei no grupo dos Pacificadores, tudo isso foi um preparo para minha carreira solo, acredito que tudo isso contou muito.

 

CP: Você tem crescido muito dentro do cenário do RAP e já é considerado um dos mais bem-sucedidos da nova geração, quais são suas principais influências?

Misael: Então, eu tenho a sorte das minhas principais influências estarem no meu dia-a-dia, que são Hungria Hip-hop, e o Neguim Pacificadores, que é meu irmão de sangue. Eles estão na minha rotina e eu cresci ouvindo meu irmão cantar. Hoje eu também acompanho bastante Hungria, além do nosso relacionamento profissional. Eu tenho uma parada que eu costumo observar bastante o que eles fazem em cima dos palcos, e eu tenho muita sorte de ter essas duas influências tão perto de mim todos os dias.

 

CP: Durante esse ano, você já lançou diversas parcerias com muitos artistas, no último mês foi ‘’Saudade’’ com Marine. Como foi essa parceria para você?

Misael:  Então a Marine é curitibana e ela veio conhecer Brasília, e em uma dessas vindas dela para cá, nós nos conhecemos e bateu aquela química. Eu mostrei a música pra ela, e ela ficou animada “Caraca, essa música! Podemos fazer juntos?” e eu concordei, claro. Já bateu uma energia, e ela fez os versos dela, eu falei “Caraca, combinou bastante sua voz!” ai nós voltamos pro estúdio e não demorou muito para ela voltar aqui [Brasília] e nós gravamos o clipe, acredito que foi uma sintonia que deu muito certo.

CP:Agora você já está lançando uma nova parceira! Como rolou esse feat com o Greg?

Misael: Foi bem parecido o processo, só que o Greg mora ainda mais longe de mim, porque ele mora nos Estados Unidos e em uma das vindas dele aqui pra Brasília, acabou acontecendo. Nos conhecemos, bateu a sintonia, nós  saimos para trocar umas ideias, e ai nós já voltamos pra casa do estúdio escrevendo, aquela energia do zero, a gente nem tinha afinidade, eu nunca tinha trocado ideia com ele, mas acabou saindo esse hit.

 

CP: Como foi gravar o clipe com o Greg?  Tiveram alguma referência?

Misael: As referências foram a vida dele e a minha, a rotina dele e a minha. Nossas referências são as nossas vidas, ele é conhecido por falar muito de carro, ele é conhecido no Youtube por falar sobre carro, e as minhas músicas eu sempre falo sobre festa, nós queríamos mostrar como estão as baladas, os melhores carros e colocamos isso em prática.

 

CP: Tem algum outro artista que você gostaria de trabalhar junto?

Misael: Então, eu tenho visto muito e escutado muito o Matuê, eles são de Fortaleza, mas estão muito fortes no cenário do TRAP, eu vejo ele como um cara que pensa no futuro, pensa longe, então, esse tipo de pessoa costuma eternizar no mercado. Tipo o Hungria que ta eternizado no hip hop, e vai continuar por muitos anos ainda, por uns 10 anos ainda vamos ouvir falar de Hungria. E a mesma coisa do Matuê, que vai fazer essa façanha. Por esses fatos, eu considero ele uma pessoa inteligente, e,  é bom sempre estar somando com pessoas inteligentes, porquê a gente acaba absovendo poesias, detalhes que fazem a  diferença.

View this post on Instagram

Hoje noix voa sem ter asa oque que tem ? Quem me limita é só o senhor, A tua inveja não para o bonde que vem, é pau no ** dos falador 🎶 🍾🍾 🍾

A post shared by Misael (@misael) on

CP:  Como tem sido seu processo de criação em tempos tão atípicos de pandemia? O que você tem feito para ficar bem?

Misael: Como eu tinha falado, minhas últimas músicas falavam muito de festa, e, infelizmente não estamos tendo mais isso. Essas coisas são o  que eu absorvo para colocar em prática na minha letra. Mas, não podemos ficar parados, precisamos ser inteligentes e migrar para outras coisas, e eu fiz esse som com a Marine que fala de saudades. Ele foi feito antes da pandemia, mas acho que encaixou perfeitamente já que saudade é uma coisa que nós sentimos bastante. E antes disso, eu lancei ‘Evoluindo‘ que é uma música de superação, eu penso que nós temos que nos adaptar como  momento. Agora nos temos esse lançamento com o Greg que eu ja tinha escrito antes da pandemia, mas eu acredito que nós já estamos em um momento em que estamos sentindo saudade da balada, então acho que tem que jogar um pouco de felicidade nesse momento, que são coisas que precisamos ouvir, não só bater na tecla de pandemia, temos que trazer alegria, com consciência sobretudo. No começo tava muito mais pesado, pra puxar um assunto de festa, e nos temos mais músicas sobre isso, mas eu preferi soltar coisas conscientes naquele momento. Mas acredito que agora, já é um momento que nos podemos estar trazendo um pouquinho da felicidade e do conforto para quem ta com saudades de um rolezinho, de abraçar os amigos, acho que é o momento certo de trazer um pouquinho disso.

 

CP: O que podemos esperar para os próximos projetos?

Misael: Na semana passada eu estava viajando em São Paulo, passei uma semana lá gravando com vários artistas, feat com Mc Lan, Fióti. E a galera me cobra muito participação com o Hungria, e eu quero dizer que já estão gravadas e são três músicas que já estão prontas. E já estamos escrevendo mais. Estão chegando coisas boas por ai.

 

CP: Qual a sua relação com o RAP?

Misael: Então eu me identifico muito com o RAP por que canto desde os 11 anos, meu irmão me colocou nessa, era o dia todo, escutando RAP e eu cresci e peguei o mesmo costume. Mas acho que se não fosse isso eu iria gostar independente, porque é um gênero muito rico, ele sabe falar de vários assuntos, amor, tragedia, sabe falar de protestos das felicidades, acho que se não tivesse meu irmão para me influenciar eu iria gostar muito do gênero por essas razões.

 

Você pode curtir todos os lançamentos do Misael em todas as plataformas digitais e no canal oficial dele no Youtube.

Publicado por



Posts Relacionados